Indignados, fiéis usam carro som para “expulsar” Pastor considerado ditador na Bahia

O Pastor Hugo Noival também é acusado de suposto enriquecimento ilícito e influência política

0
17

“Estamos pedindo socorro, almas estão gemendo oprimidas por um ditador!”, estas são algumas palavras do discurso de um grupo de fiéis da Assembleia de Deus de Lauro de Freitas, na Bahia, onde membros usaram um carro de som para “expulsar” o pastor que preside a comunidade no local.

Trata-se do pastor Hugo Noival, que em outra matéria publicada no site O Tempo Jornalismo em 17 de outubro de 2012, aparece sendo acusado por outro fiel, chamado Salatiel Teles, de ter lhe perseguido na época em que Noival era o presidente da congregação em Ilhéus, na Bahia. Segundo a matéria, Salatiel teria dito que o pastor usou a igreja para fazer campanha para a filha, Hulda Noival, proibindo a entrada de outros candidatos na congregação.

Por ter denunciado a prática, ao que parece, no Facebook, Salatiel foi alvo de três processos movidos pelo pastor para que ele apagasse a postagem. No entanto, Noival perdeu a ação.

“QUEREMOS UM PASTOR E NÃO UM DITADOR. FORA, MUDANÇA JÁ!”

Em Lauro de Freitas, também na Bahia, as críticas dos fiéis feitas no carro de som parecem ter o mesmo cunho político. Segundo o site Folha Gospel, Hugo Noival teria negociado apoio político da igreja para o PT, em troca de um cargo de secretaria para sua filha e apoio para sua futura candidatura.

Além disso, ainda segundo a matéria citada, os fiéis acusam Noival de ter um estilo de vida incompatível com sua renda, ao morar uma casa avaliada em R$ 500 mil no condomínio mais caro da cidade.

“O pastor presidente das Assembleias de Deus de Lauro de Freitas, pastor Hugo Noival. Não queremos mais você aqui. Não aceitamos mais você aqui. Mudança já! Fora ditador! O avivamento é o que precisamos, salvações de almas, e você não se importa com isso, só com os fins lucrativos. Queremos um Pastor e não um ditador. Fora, mudança já!”, afirma uma fiel usando o carro de som.

SEM COMENTÁRIO

Deixe um comentário